Era uma vez ...

Um sonho que queria se transformar.

Desde muito cedo o sonho imaginava ser uma grande realização. Encantado com o mundo e com as pessoas, via na novidade uma constante e mutável forma de aprendizado, entendendo que poderia crescer, poderia mudar, poderia significar um sentido ... poderia ser .

Ao longo da vida o sonho cresceu, mudou, radicalizou, ajudou, perdeu, sofreu, fugiu, retornou, ... dormiu. Por um tempo, e um bom tempo, não conseguia entender o que era, qual razão de existir, qual motivo de não ser ouvido e acreditado. Resolveu dormir.

O cinza chegou ... a razão brigou e se impôs com autoridade e violência causando estranheza aos amigos ... a vida é dura e imutável.  Leia o manual e tenha regras, siga as regras e seja a regra.

O tempo passou e a vida trouxe um presente, significado nasceu e trouxe novidades. A razão entendeu e aprendeu novas cores e viu tudo mudar.  Junto com a coragem correu e foi chamar o sonho adormecido por tanto tempo para contar a notícia de que o significado nasceu e trouxe amigos como a emoção, o olhar, o carinho, ... o amor incondicional.

O sonho voltou apaixonado com o novo, com a nova forma de enxergar o mundo, voltou renovado. O sonho cresceu e entendeu que a grande realização que sempre sonhou é a vida, que tudo muda e somos o que queremos ser.

Hoje o sonho é a razão e o significado de novas emoções, olhares e a grande realização de viver o amor incondicional.

Daí a Felicidade!!!!!!

Sejam bem vindos em meu sonho e espero fazer parte de tantos momentos de felicidades na vida de todos vocês.

Diogo Gaspar Fotografia

Diogo GasparComment